Algarve quer organizar Grande Prémio de Fórmula 1

As autoridades turísticas do Algarve querem acolher um grande prêmio de Fórmula 1 no Autódromo do Algarve, em Portimão, que “ainda podia ser possível neste ano mesmo”, segundo afirmou o Presidente de Turismo de Portugal, Desidério Silva, numa entrevista concedida ao Blog de VoyaInternet durante a primeira jornada da feira turística FITUR 2013 que hoje começou na cidade de Madrid.

“Há uma proposta que está em cima da mesa da possibilidade  do Algarve vir a ter uma prova de Fórmula 1. Vamos ver como vão correr as negociações e vamos pensar que poderão ser positivas“, assinalou Desidério Silva depois de fazer referência a mais alguns eventos desportivos relevantes a celebrar no Algarve neste ano como o Masters de golfe ou o Rally de Portugal.

“Ainda podia ser possível neste ano mesmo”, disse o Presidente do Turismo do Algarve quando foi perguntado pelo projeto, mas também foi cauto na questão e lembrou que há outros países que também estão interessados e que também vai ser importante a questão financeira.

Algarve tem de ser promovido 365 dias por ano

Desidério Silva encabeçou a representação do turismo algarvio na primeira jornada da FITUR 2013- a principal feira turística espanhola- que vai a Madrid com a vontade de deixar de ser considerado só um destino de sol e praia e atrair turistas espanhóis também o resto do ano.

É um Algarve que têm de ser promovido 365 dias por ano, com ofertas diferentes, mas com uma qualidade que é sempre a mesma”, afirmou Silva, quem mencionou algumas alternativas turísticas que podem fazer do Algarve um destino para todo o ano:

“Temos de valorizar essa época com desportos de inverno, com o surf, com o turismo da natureza, caminhadas, observação dos pássaros, também com o que é uma forte aposta da região pela sua fantástica gastronomia, sua fantástica doçaria, os vinhos que o Algarve agora tem…”

A crise espanhola como aliada

A crise econômica em Espanha pode ser uma inesperada aliada na chegada de turistas espanholes a Portugal: “Numa altura em que a crise não permite que haja viagens de longa distância, a oferta que temos pode ser a opção por quem quer dias de lazer ou de descanso e desfrutar duma região muito linda”, disse o máximo responsável do turismo algarvio, que está a planear fortes ações de promoção nas regiões da Galiza, Extremadura e Andalúcia, onde é observada uma grande procura do destino.

À promoção do turismo algarvio também devem contribuir a continuidade da rota aérea direta da companhia Ryanair entre Faro e Madrid. Silva mostrou a vontade de mantê-la e até aumentá-la, mas reconheceu que “não é fácil” pois é uma negociação que tem muito a ver com questões financeiras e de rentabilidade .

Além disso, está em análise a possibilidade duma rota aérea direta entre Faro e Barcelona.

Aqui podem encontrar a entrevista completa que Desidério Silva concedeu amavelmente ao Blog da VoyaInternet.

Portugal tem um dos stands mais destacados entre os países europeus numa FITUR 2013 que conta com menor número de exibidores e espaço ocupado que em anteriores edições, principalmente devido à crise econômica. Ainda assim, Portugal pode sair beneficiada pela crise do vizinho, pois espera-se que os turistas espanhóis não renunciem totalmente às viagens, mais escolham destinos mais perto de casa.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *